Data de nascimento: 02/01/1986
Altura: 1,69m

É protagonista do filme De Menor vencedor do prêmio de melhor filme no “Festival do Rio 2013” que tem direção de Caru Alves de Souza; vivendo Helena, Rita ganhou 2 prêmios de melhor atriz: no “16es Recontres du Cinéma Sud-Américain” (Marselha, França) e no “19º Cinemato – Festival de Cinema de Cuiabá”. 

Com seu filme de estreia Não Por Acaso, de Philippe Barcinski, ganhou o prêmio de melhor atriz coadjuvante no “4º Arraial Cine Fest” da Bahia.

A personagem Bia do curta-metragem Ressaca lhe deu o prêmio de melhor atriz no “CurtAmazônia (III Festival de Cinema na Amazônia)”.

Em 2019 nos cinemas o filme Onde Quer Que Você Esteja de Bel Bechara e Sandro Serpa, onde Rita vive uma dramática despedida na pele de Luciene.

Com espetáculo Kiwi dirigido por Luh Maza, obteve notório reconhecimento sendo agraciada como Melhor Atriz no “Prêmio São Paulo De Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem 2016” [antigo Coca-cola/FEMSA]. Em Hotel Mariana através da técnica Verbatim o elenco se debruça em depoimentos de sobreviventes da tragédia de Mariana, dirigido por Herbert Bianchi, o espetáculo foi indicado pela dramaturgia ao Prêmio Shell 2017.

Está na série Toda Forma De Amor sob direção de Bruno Barreto para o Canal Brasil com estréia prevista para esse ano.

Na televisão, atuou em séries como 3% (temporada 1) com direção geral de César Charlone para NETFLIXe também no piloto independente da série 3% que viralizou no Youtube em 2007; atuou em MOTEL da Bossa Nova Filmes para o canal MAX BRASIL da HBO, com direção de Fabrizia Pinto; Viveu a personagem Rose na série A Mulher do Prefeito, produção da O2 filmes com a TV Globo, direção geral de Luiz Villaça; Para o canal GNT atuou na série Beleza S/A e na série Lili – a ex  ambas com produção da O2 filmes.

Também atuou nos filmes: Os Normais 2 de José Alvarenga Junior;  Nove Crônicas Para Um Coração Aos Berros de Gustavo Galvão; Inquilinos de Sérgio Bianchi; Os Invasores de Marcelo Toledo; Cara ou Coroade Ugo Giorgetti; O Magnata de Johnny Araújo; Gostosas, Lindas e Sexies de Ernani Nunes; Todas As Razões Para Esquecer de Pedro Coutinho, produzido pela Paranoid.

Rita começou nas artes cênicas aos 15 anos, participando de um grupo de teatro amador.

Aos 16 fez sua estreia na TV no seriado juvenil Galera, exibido pela TV Cultura. Quatro anos depois estava formada pela escola de teatro INDAC. Integrou o Núcleo Experimental de Teatro do SESI 2007, onde atuou na peça Sacrifício, adaptação de Romeu e Julieta escrita por Fernando Bonassi, sob direção de Cibele Forjaz.

Em 2017, formou-se em dramaturgia sob a coordenação de Marici Salomão na SP Escola de Teatro.

Ao lado de Mariana Leme é idealizadora do agrupamento teatral RIMA Coletiva que em 2017 reinaugurou o porão do Centro Cultural São Paulo como espetáculo Pequenas Certezas sob direção de Fernanda D’Umbra. Já em 2018, o espetáculo adulto Tubarão Banguela marca a estréia de Rita como diretora e dramaturga.

Trabalhos

Ano: 2016

Produção O2 filmes para o canal HBO, direção de Tatá Amaral.

 

 

Ano: 2016

Primeira série brasileira original NETFLIX , produção Botique Filmes, direção geral de Cesar Charlone.

Ano: 2016

direção: Pedro Coutinho, produção Paranoid Filmes.

Ano: 2016

Direção: Ernani Nunes, produção Santa Rita Filmes

Ano: 2014

Direção: Caru Alves de Souza. Protagonizou Helena e recebeu dois prêmios de melhor atriz: no "Festival do Cinema Sul-Americano de Marselha" na França, e no "19ºCinemato - Festival de Cinema de Cuiabá".

Ano: 2017

No teatro, com a Cia Núcleo Experimental de Teatro, estréia prevista para fevereiro 2017.

Cenas da série "A Garota da Moto"